Inicio Dojos Budokan Contos Mestres Ninjutsu Fotos Vídeos Modalidades Eventos Contato

MESTRES

Sensei Takamatsu

Biografia completa de Takamatsu sensei

MOKO NO TORA

Takamatsu nasceu no 23º ano de Meiji ( 10 de março de 1887), em Akashi,província de Hyogo.
Seu nome de nascimento foi Hisatsugu, ele mais tarde mudou seu nome, usando os mesmos Kanji para Toshigutsu. Em sua juventude, ele também era conhecido por Jutaro. De 1936 a 66, quando ele deu uma entrevista, Takamatsu disse ao entrevistador que não se olhava no espelho durante 30 anos, por que se ele se olhasse, diria ao seu reflexo no espelho: “Quem é você?”
Takamatsu ia dormir à noite por volta das 21h, e seu gato siamês chamado “Jiro”, que o foi dado por Ichiro Kode, via Massaki Hatsumi, dormia com Takamatsu. Ele então levantava às 06h30min da manhã, e fazia um ritual chamado “Reisui Masatsu”, que consistia em esfregar seu corpo uma toalha molhada fria, um ritual diário que ele realizava desde 1926. Em todos esses anos, ele nunca sofreu de uma doença mais grave. Takamatsu comentou que a sua “falta de doenças” era mais devido à sorte, e não ao tratamento com toalhas molhadas. Ele andava todos os dias por uma hora, andando aproximadamente 13 km, geralmente levando seus 20 cachorros com ele. Apenas para seu próprio prazer, ele pintava todos os dias, talvez algo que ele achasse relaxante. Ele uma disse que havia cometido muitos erros em sua juventude.
Takamatsu sofria de pressão baixa, por isso ele bebia Yomeishu, e um copo de água com sal, o que ele dizia que era para seus nervos.
Quando Takamatsu era um garoto na escola, seus colegas de classe fizeram com que ele engatinhasse no chão, e depois amarravam uma corda nele. Fazendo isso, como se estivessem em um cavalo, eles repetidamente davam “chibatas” nele até que chorasse. Na escola ele era chamado de “bebê chorão.”
Uma ocasião na escola, quando ele estava no primário, ele foi forçado a participar de uma competição de sumo. Já que ele estava sendo forçado, ele começou a chorar. Seus colegas de classe notaram isso e começaram a implicar com ele. Quando chegou a sua vez de lutar, ele entrou relutante no ringue, e seu oponente vendo o quanto ele estava assustado, o provocou mais ainda. O garoto correu em direção a Takamatsu e sem ele perceber, Takamatsu se moveu para o lado, fazendo com que o garoto errasse, e saísse ringue. Em sumo, uma das maneiras de vencer é tirar seu oponente do ringue, quando o garotou errou Takamatsu, ele saiu do ringue. Vendo isso, seu professor gritou: “O vencedor é Takamatsu”. Como ele ganhou, Takamatsu teve que lutar com mais de seus companheiros de classe. Eventualmente, o maior garoto da classe veio ao ringue.
Até o momento, Takamatsu tinha vencido todos os que subiram para lutar com ele no ringue, e a sua classe estava começando a torcer por Takamatsu. O garoto grande correu em sua direção, e com medo Takamatsu colocou as mãos em frente ao seu corpo para se proteger, e acabou colidindo e caindo de costas (outra maneira de se vencer no sumo). Takamatsu mais uma vez foi o vencedor.
Então, todo mundo disse que Takamatsu era agora o mais forte da classe. O avô de Takamatsu, Toda Shinryuken Masamitsu, tinha uma clínica de ossos e um dojo de Budô em Kobe. Em seu dojô, ele era soke (grão mestre) de um sistema de lutas conhecida como Shindenfudo Ryu. Toda era a 8ª geração de Tozawa Ryu Taro, que era um descendente direto de Tozawa Hakuunsai, um dos criadores de Gyokko Ryu Kosshijutsu.
O pai de Talamatsu, Takamatsu Yasaburo, teve durante a sua vida, 9 esposas diferentes. Yasaburo também possui uma fábrica de fósforos em Kobe. Yasaburo também era conhecido pelo nome de “Takamatsu Gishin” (Yukichi). A mãe de natural de Takamatsu sensei se chamava Takamatsu Fushi.

Sensei Paulo

Paulo Roberto Ribeiro - nascido em 16 de Dezembro de 1969, em Curitiba, Paraná.
Iniciou nas artes marciais em 1974 aos 5 anos de idade junto com o irmão , na Academia Samurai de Judô, onde treinaram com sensei Mokayko, que foi sensei de seu pai também, hoje ele ainda vive em Curitiba e leciona em Colombo em seu próprio dojo.
Aos 8 anos de idade tiveram iniciação em karatê goju-ryu, com sensei Luiz Carlos , no SESI do Portão, onde seguiram até faixa preta. Aos 11 anos participou de um torneio de judô, onde após o término do mesmo, foi convidado pelo sensei Satoshi Fujiwara, para fazer parte do clã Fujiwara Ryu de ninjutsu, aos 18 anos de idade, ainda em tempo de serviço militar,na Aeronáutica, recebeu , (autorização para dar aula) como faixa preta 1º dan.
Em 1999 foi convidado a ser o 1º representante oficial da BUJINKAN BUDO TAIJUTSU no Paraná, onde lecionou até dezembro de 2001 como senpae 5º kyu.
Em 2002 foi convidado pelo sensei argentino da GENBUKAN NINPO BUGEI,o mesmo era responsável pela arte ninja Genbukan da América Latina,fui representante  oficial e responsável pela federação genbukan no Brasil, treinou até 2006, onde se desligou como sensei shodan 1º dan, ao sair da Genbukan, sensei Gularte da Argentina,sensei Astorga do Chile e eu do Brasil  formaram a BUDOKAN NINPO LATINO AMÉRICA, onde seguiram os estudos dos pergaminhos que sensei Gularte recebeu de Masaaki Hatsumi, Japão, e de Shoto Tanemura, atual soke da genbukan . Seguiram treinando e ensinando de forma a deixar a burocracia financeira para trás para assim facilitar o acesso aos conhecimentos desta fantástica arte que não envolve somente o corpo e sim muito mais a mente... atualmente treina na Argentina 2 meses por anos com sensei Gularte treinou Jujutsu Tradicional com sensei Mokayko em Curitiba.
É consultor de segurança, e palestrante em matéria de arte ninja, desde a literatura até prática, atua mais com a ESCOLA TAKAGI YOSHIN RYU, ESCOLA DOS GUARDA-COSTAS, esta que foi usada  no período de guerras .
É membro da JCI, ( junior chamber international ). Curso de normas parlamentares, concluído.
Reconhecido pelo atual prefeito de Curitiba, como voluntário  na COMUNIDADE ESCOLA.
Reconhecido no MÉXICO, pelos feitos usando a arte ninja nas escolas e com crianças abandonadas.
Reconhecido e apoiado pelo DEPUTADO NEY LEPREVOST, na CÂMARA DOS DEPUTADOS, como AMIGO DO ESPORTE.
Reconhecido e registrado como primeiro brasileiro a se graduar internacionalmente como SHIDOSHI, 5º DAN. Pela BUDOKAN NINPO LATINO AMÉRICA.
Membro do CONCEG SÍTIO CERCADO, palestrante da arte para crianças.
Reconhecimento da SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ.
Reconhecimento da POLÍCIA CIVIL.
Reconhecimento da POLÍCIA MILITAR.
INSTRUTOR DA ARTE NINJA NO EXÉRCITO 5º B.SUP DE CURITIBA, PARANÁ. referência (Major AGUIAR ) aluno.
MEMBRO EFETIVADO EM SETEMBRO DE 2010,  NO PROJETO BOLA CHEIA, ATRAVÉS DA SECRETARIA  DE ANTI DROGAS...
MEMBRO SÓCIO DA BUDOKAN NINPO LATINO AMÉRICA.
PRESIDENTE DO CONSELHO DE ÉTICA DO SINPAMEC DO BRASIL ( SINDICATO DOS PRATICANTES DE ARTES MARCIAIS E ESPORTES DE COMBATE).
PRESIDENTE DA BUDOKAN NINPO BRASIL.(ENTIDADE RESPONSÁVEL PELO NINPO NO BRASIL)
PRESIDENTE DO FUJIYAMA DOJO ( ESCOLA DE NINJUTSU DE CURITIBA - PARANÁ )
ESCREVENDO UM LIVRO E PALESTRANDO EM UNIVERSIDADES COM O TEMA "NINJUTSU A FUGA DO XEQUE-MATE" LEMBRANDO QUE O MUNDO É UM TABULEIRO, A VIDA É UM JOGO E NÓS SOMOS AS PEÇAS, DEVEMOS PENSAR E SÓ DEPOIS DA CERTEZA DAR O PRÓXIMO PASSO PARA NÃO TER PREJUÍZOS DURANTE O JOGO (A VIDA )
HÁ UMA MONOGRAFIA FEITA POR UM ALUNO DA PUC. (TAI-NIN- CORPO PERFEITO).
MONOGRAFIA ESTA ASSINADA POR UM PROFESSOR DOUTORADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA.


Agradecemos pela participação dos alunos da * Budokan Ninpo Brasil* e aos grandes mestres que direta e indiretamente colaboraram para realização e o crescimento desta organização.


Tudo no comportamento do Ninja tinha que surpreender do elemento surpresa nascia freqüentemente a sua vitoria. Por isso existiam maneiras notáveis e diferentes de se mover. O ninja desfere um só golpe de qualquer posição exatamente na direção desejada, para sem esforço conseguir o que quer.



facebook


facebook


Blog

twitter


Orkut


logo_2_con